Terça-feira, 7 de Dezembro de 2010

gostaria de saber qual a sua opiniao sobre o produto Macrolane

 

Boa tarde,
Na sequencia da sua participacao no canal Sapo Saude, gostaria de saber qual a sua opiniao sobre o produto Macrolane para aplicacao no peito uma vez que alguns artigos e testemunhos que tenho lido nao sao de todo abonatorios.
http://women.timesonline.co.uk/tol/life_and_style/women/beauty/article5896737.ece
http://www.realself.com/review/macrolane-longevity-of-impact
Obrigada,
Cumprimentos
A minha opinião sobre o Macrolane está bem expressa nos post que publiquei neste bolg. Mas de um modo resumido posso dar-lhe a minha opinião sobre a sua aplicação para preenchimento da mama.
1- O Macrolane não é uma alternativa ao aumento mamário com colocação de implantes. Isto porque não permite um aumento considerável ( 100cc de Macrolane são semelhantes a um implante de 140-150cc), não é duradouro e não permite definir uma nova forma. Contudo é um método que permite um aumento moderado, reabsorvível naturalmente e que não hipoteca qualquer decisão futura. Assim é um método a considerar para quem não quer colocar uns implantes ou não está disposta ou disponível para uma cirurgia mais invasiva.
2- O Macrolane permite manter um volume durante 9 a 12 meses, sendo que a partir desse período começa a perder volume. Nesta fase poderá fazer um top-up, (novo tratamento) para manter o volume, geralmente com metade da quantidade inicial de Macrolane. Pode também não fazer nada e acabará por desaparecer ou então optar pela colocação de um implante.
3-Como o Macrolane é colocado num plano rectromamario em grande quantidade, poderá ser reconhecido como um corpo estranho, e tal como nos implantes, ser formada uma membrana que envolve o gel - cápsula. Por vezes esta cápsula pode contrair e assim "apertar" o gel condicionado uma mama mais dura. Mas ao contrário das cápsulas dos implantes, está é muito fina e facilmente destruída por massagem ou compressão ligeira. Este fenómeno também é favorável, pois contem o gel e evita que migre se for aplicada uma pressão muito grande sobre a mama.
4- Os estudos radiológicos realizados não parecem mostrar uma interferência importante do Macrolane na leitura dos exames. Contudo continua a haver  investigação neste campo e estão previstas várias reuniões ( patrocinadas pela Q-Med) com a presença de Cirurgiões Plásticos e Radiologistas no próximo ano, para debater este assunto.
5- Há de facto um fenómeno que ainda não conseguiu ser explicado, que é o facto de algumas pacientes terem uma taxa de reabsorção rápida do Macrolane ( 50% nos primeiros 6 meses).  Sabemos que é mais frequente em pessoas com índices de stress oxidativo mais elevado, como fumadores, história de doenças auto-imunes e reumatológicas. Contudo ainda não conseguimos ter um índice preditivo dessa taxa de reabsorção.
Espero ter ajudado no esclarecimento  da aplicação do Macrolane na mama. Parece-me ser um produto seguro, mas ainda há alguns aspectos sobre os quais são necessários esclarecimentos adicionais.

 

Temas:
publicado por Francisco Falcão de Melo às 07:08
link do post | comentar | favorito

Dr Francisco Falcão Melo

Licenciado em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Lisboa, fez o Internato Complementar em Cirurgia Plástica e Reconstrutiva nos Hospitais Cívis de Lisboa. Actualmente é Assistente Graduado sendo o responsável pelo Serviço de Cirurgia Plástica e Reconstrutiva do Hospital Militar Principal. Membro da Sociedade Portuguesa de Cirurgia Plástica Reconstrutiva e Estética, da Sociedade Portuguesa de Cirurgia da Mão e da Sociedade Portuguesa de Queimaduras.Exerce a sua actividade privada em Lisboa e em Leiria.

Envie a sua questão

As respostas às suas dúvidas atendem a diversos critérios. Neste serviço, não serão consideradas válidas questões com falta de enquadramento ou situações de emergência que só possam ter encaminhamento imediato.

E-mail: franciscofmelo@sapo.pt

Pesquisar

Arquivos

Temas

todas as tags

Ligações

blogs SAPO

Subscrever feeds